< VOLTAR

Quem é o André Buric?

5 (99.96%) 2670 votos

André Buric

Um apaixonado pelo cérebro, por como ele pode nos colocar em um outro patamar de impacto, resultados, geração de valor para o mundo e colher todos os benefícios disso.

Poucas coisas me incomodam tanto quanto saber que existem pessoas e negócios de altíssimo potencial e desperdiçando isso. Simplesmente por não saber como utilizar esse potencial para contribuir com a abundância do mundo e colher sua devida parcela de abundância em troca. Os dois lados perdem, quem deixa de entregar e quem deixa de receber. Imagine só o quanto de genialidade está sendo desperdiçada neste exato momento! Imagine como o mundo seria diferente se todas as pessoas e negócios conseguissem entregar esse valor que fica guardado. Imagine então em 5, 10, 20 anos.

Ouço muito que as pessoas e negócios não crescem porque não se esforçam o suficiente. Não acredito nisso.

Tampouco acredito que as pessoas não tem vontade ou interesse em gerar valor. Acredito que a vontade existe, e muita. Vontade de fazer algo grandioso, vontade de deixar um legado, vontade de sentir seu nível de impacto indo para outro patamar, vontade de sentir orgulho ao olhar para as suas realizações, vontade de se sentir admirado. Mas também há muita desilusão por tentar e não conseguir, quanto mais tempo passa, mais tentativas ocorrem, e mais desilusão consequentemente.

Um completo desperdício de genialidade, de potencial, de energia, e ultimamente desperdício do ativo mais valioso que temos no mundo: TEMPO. E tempo é o único ativo que não há como recuperar.

É exatamente contra isso a minha batalha diária. É isso que motivou muito do que você lerá no resumo da minha história abaixo, inclusive a criação do BrainPower | A Academia Cerebral, e também a criação do método e curso Neuro Persuasão® Avançada. Para permitir que mais pessoas e negócios tenham a chance de gerar impacto no mundo, beneficiar outras pessoas, e receber sua devida parcela em contrapartida.

O mundo seria outro… o seu mundo seria outro...

A trajetória...

Quero Ver Só um Resumo! (clique para abrir) +

André Buric Neuro Persuasão

Fundador do BrainPower, a Academia Cerebral, e criador do método Neuro Persuasão e método Reprograme Seu Cérebro. Idealizador da Semana da Persuasão ou Workshop da Neuro Persuasão e Influencia Cerebral.

Profissional com 14 anos de experiência em empresas de grande porte de diversos setores, Johnson & Johnson, Danone, Citibank, BTG Pactual (suas investidas). Administrador de carreira, foi responsável pela gestão de diversas marcas centenárias, bem como condução e fusão de negócios estratégicos em empresas nacionais e multinacionais.

Atualmente Empreendedor. Fundador de 4 empresas de mercados diferentes. É ainda palestrante, consultor e professor convidado nos MBAs da FIA-USP e BI International. Formado em administração pela FEA-USP. Com especialização em Marketing e Comunicação pela ESC Toulouse (França). Certificado em Neuro Economia pela Higher School of Economics Moscow (Rússia). Master Practitioner pela “The Society of Neuro Linguistic Programming™” de Richard Bandler, criador da Programação Neuro Linguística. Certificado por Global NLP Training (EUA | INEMLA Official Seal) como Life Coach, Motivational Coach e Social & Emotional Intelligence Coach.

Especialista em cérebro, trouxe a vida o BrainPower - a Academia Cerebral - por acreditar que entender o cérebro nos traz um poder muito grande. A maioria das pessoas quer mudar e melhorar a vida, mas não tem nem ideia de como. Acabam ficando presas à rotina sem entender que o real motivo disso quase sempre é mental. O sonho BrainPower é fazer com que as pessoas conheçam seu cérebro e efetivamente atinjam seus objetivos. Uma vida mais produtiva, com menos distrações e procrastinação, menos vazia e mais alinhada com o que realmente gostam e as dá prazer. Aumentando o impacto no mundo e nos tornando protagonistas de grandes movimentos e mudanças, ao invés de ser somente mais uma voz na multidão.

Sabe quando você percebe que suas escolhas não foram tão suas assim. Pois bem, cedo ou tarde todos nós perceberemos.

Tudo começou quando um novo calouro entrou na faculdade de Administração e Economia da Universidade de São Paulo. Esse calouro, o então jovem André Buric acreditava que o mais difícil estava feito. Afinal, tinha garantido uma boa educação, afinal a USP era a universidade mais disputada do país… “doce ilusão" eu diria hoje..

Por que ilusão? Veja bem. Você já notou que existe uma “força exterior” que diz praticamente que temos que fazer ao longo da vida?

Me lembro bem quando disseram André agora você TEM que escolher a faculdade, e agora você TEM que começar a trabalhar, um porque eu TEM que pagar as contas, e outro porque eu TEM que ter uma carreira bem sucedida, ai te lembram que você TEM que estudar inglês, ai TEM que casar, ai TEM que comprar uma casa, depois TEM que ter filho,  e por ai vai.

Eu tinha saído de um mundo de liberdade, infinitas possibilidades, sonhos, afinal o mundo estava ai para mim. Mas eu não aproveitava, parece que eu ia fazendo certinho o “certo”, o que dizem que temos que fazer.

E o tempo passando cada vez mais rápido.

Mas o pior não era nem isso. A pior consequência é que pouco a pouco você vai se tornando igual a todo mundo. Igual a quem não quer se tornar mesmo sem se dar conta que é isso está acontecendo.

E eu não culpo ninguém não, a culpa era minha. Quem moldou a minha vida não tinha sido eu. Por isso que eu disse logo no começo que você tem a vida que a programação do seu cérebro merece, e eu usava perto de 0% do meu cérebro para definir meu futuro e eu simplesmente sofria as consequências disso.

E as coisas foram seguindo, uma coisa foi levando a outra e quando eu vi, eu estava preso em uma vida de rotina. E o pior é que era uma rotina que eu não gostava e na segunda eu queria simplesmente que fosse sexta. Olha que coisa horrível, quando você quer que a segunda se torne sexta significa que você quer jogar fora 5 dias de vida. 5 dias a cada 7. Não era estranho que parece que o tempo estava passando rápido demais.  Inclusive tem uma citação que diz mais ou menos assim "quem mata o tempo não é assassino, e sim suicida.” Mata a si mesmo, e seus sonhos e muitas vezes os sonhos de muitos que estão ao seu lado.

Eu chegava em casa todos os dias muito cansado, o trabalho e a rotina - que eu não gostava – acabavam me consumindo, e eu só conseguia descansar e fazer coisas que não usassem o cérebro (tv, internet, joguinho). E tudo se repetia. Você consegue imaginar a sensação quando eu chegava em casa e parava para pensar nisso? Era horrível, porque eu via que minha vida estava presa em um trilho que ia me levar para o abismo.

Muitos tentavam me confortar e diziam, é normal, não dá tempo mesmo. Mas isso nunca foi um argumento em que acreditei. Todas as pessoas têm 24hs num dia, porque algumas conseguem e outras não passam nem perto?

Foi quando ficou claro que eu era o problema do meu crescimento, eu era minha própria barreira, não era o mundo que precisava mudar, ou acontecer algo que de repente mudasse tudo, eu precisava mudar algo dentro de mim. Que precisava usar melhor o meu cérebro.

Foi ai que percebi que a grande massa de pessoas não controla sua rotina, suas ações, suas emoções, vive com preguiça, procrastinando cada dia de suas vidas, até esgotar cada gota de esperança.

Mas também existia um grupo de pessoas que conseguia resultados incríveis, eram pessoas de altíssimo impacto, sem depender somente de prazeres de curto prazo para ter algum animo. Muito pelo contrário, eles realmente sabem o que é ter prazer de longo prazo, vivenciar a sensação de progresso, contribuição, deixar um legado, gerando valor para o mundo, e recebendo sua devida parcela em contrapartida.

Parcela essa que vinha em forma financeira sim, mas também se tornando fonte de admiração, inspiração para as outras pessoas, o que nutre sua auto confiança, auto estima, ego, e gerava ainda mais energia para estas pessoas seguirem adiante.

Foi quando eu pensei “PÁRA TUDO, achei a resposta! Vou estudar e saber mais a respeito desta máquina incrível que temos, nosso cérebro, mas que não vem com manual. Preciso saber mais disso que qualquer pessoa ao meu redor!”. E uma busca incessante se iniciava.

Digo busca  porque a paixão se tornou tão grande que esse processo não acabou até hoje, e seguramente não acabará em breve. Buscava todos os cursos (independente de qual país ou idioma), livros, palestras, eventos. Tirei as certificações das mais diversas como em Master Practitioner pela “The Society of Neuro Linguistic Programming™” de Richard Bandler, criador da Programação Neuro Linguística, Certificado por Global NPL Training (EUA | INEMLA Official Seal) como Life Coach, Motivational Coach e Social & Emotional Intelligence Coach; Certificação em Neuro Economia pela Higher School of Economics Moscow (Rússia). Até que eu criei um método e percebi que era hora de colocar em prática.

No momento que comecei a colocar em prática os resultados foram incríveis. A ponto de eu deixar para tras conquistas enormes por saber que eu tinha tudo que precisava para começar, enfim, o tipo de vida que eu tinha arquitetado desde sempre. Conquistas como um salário de múltiplos 5 dígitos, cheguei a responder para o presidente, fui estatutário, tive times de 40 pessoas, todos os benefícios pagos pela empresa (carro, celular, computador, academia, bônus, stock options, planos de tudo que se possa imaginar saúde, previdência, e por ai vai). E não foram lugares de competitividade baixa, muito pelo contrário. No período de vida corporativa foram 2 anos no Citibank, 5 anos na Johnson & Johnson, 3 anos nas empresas do grupo BTG Pactual, até que… foi na Danone que me ocorreu MAIS UMA daquelas reflexões que mudam tudo.

Na verdade, confesso que ocorreu algo muito maluco. Foi um dia que eu cheguei do trabalho 23h40, sentei no sofá e peguei uma taça de vinho. E os pensamentos foram acontecendo e eu não mais conseguia sair desse estado de imersão nos pensamentos, o tempo passou voando.  Foi um pensamento atrás do outro! “Poxa, se a tudo isso que aprendi fez tão bem para onde cheguei na minha carreira e para as empresas que trabalhei, porque não usá-la para meus próprios negócios? Por que não crescer meu próprio faturamento? Porque não criar a minha marca ao invés dos outros? Porque não impactar positivamente mais pessoas do que eu jamais poderia trabalhando para os outros? E se vou usar pra mim, porque guardar esse conhecimento só pra mim? Porque não ensinar isso para mais pessoas e permitir que elas saiam desse processo de tentativa e erro que tanto me fez mal até eu entender o que ocorria?………..”

Noites e noites sem dormir, até que eu tomei minha famosa decisão do BASTA (gravada em vídeo inclusive). Decidi dar o basta: basta de fazer o sonho dos outros e deixar os meus de lado, basta de não fazer parte do ciclo da abundância, basta de não ajudar as outras pessoas como eu poderia ajudar, basta de guardar comigo o que fazia a diferença para mim, basta de crescer sozinho, eu queria era crescer em comunidade…

.. este foi o embrião o Brainpower como ele é hoje. Entregando muito conteúdo gratuito em todos os lugares possíveis para crescer em comunidade, gerando o máximo de valor possível. Videos diários no youtube (com 2 milhões!!! de views em 2016, e no momento que escrevo este texto (junho 2017, já são 3,2 milhões). Diariamente também no podcast, um dos top 10 do Brasil e ganhador do Prêmio Digital na categoria Podcast de 2016. Enfim, no facebook, instagram, snapchat, blog, videos ao vivo, ebooks. E também nos cursos avançados para as milhares de pessoas que decidiram ir adiante, colocaram o método para funcionar a seu favor e mandam maravilhosos depoimentos. São centenas e centenas de vídeos de pessoas que fizeram questão de mandar suas transformações. Nada mais gratificante ver vidas, carreiras, negócios transformados.

Gosto de acompanhar os alunos durante e muitas vezes até depois do curso - quem é aluno sabe disso - eu participo dos desafios que proponho, sempre escolho alguns alunos e ligo de surpresa. Me divirto e sinto orgulho do que faço. E quero que MUITO mais pessoas possam sentir o mesmo.

Uma das perguntas que mais surgem por aqui é “Como você consegue energia para fazer tudo isso? Tantos vídeos com essa animação toda. Tantos webinários de horas e horas entregando valor”. Confesso que adoro essas perguntas, pois eu realmente faço tudo com carinho e fico feliz quando é notado. E respondo:

Como é incrível ter a alegria de poder dizer “é para isso que eu existo”!

Gostaria de te convidar a ter essa energia também, saber sua causa, saber como impactar, cativar, influenciar, persuadir outras pessoas. Ser um agente de mudança pessoalmente ou através de um negócio que transforme pessoas.

Será a melhor decisão da sua vida…

Curso Reprograme Seu Cérebro: Não passe a vida em branco..

O CURSO DEFINITIVO para ficar no controle das suas ações e emoções e transformar seus resultados!

arrow
Quero Participar >

Jornada da Reprogramação Cerebral. Receba o acesso no seu email...

Contagem Regressiva para o Início. Vagas limitadas.

Sua privacidade 100% protegida!